domingo, 22 de novembro de 2009

meu amor me agarra e geme e treme chora e mata


Jards Macalé

meu amor é um tigre de papel
range ruge morde
mas não passa
de um tigre de papel

numa sala ausente
meu amor presente

me prende entre os dentes
depois me abandona e vai
definitivamente... definitivamente

ilude desilude range ruge morde
velho tigre de virtude

nas selvas de seu quarto entre florestas
cartas
frases desesperadas
lençóis

onde me ama
furiosas garras meu amor me agarra e geme e treme chora e mata

um tigre de papel perdido nos lençóis da caça

um tigre

perdido

um tigre de papel

perdido

5 comentários:

FláPerez (BláBlá) disse...

"ilude desilude range ruge morde
velho tigre de virtude"


lindo,arrepiou!

vanessa disse...

e cabloco bom esse aqui adorei o seu blog viu e o seu livro tambem me inspira boas ideias e pensamentos sempre!!!! parabesn pelo blog e pelo livro de poesias diferenciadas e totalmente marginal kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Markel R. Venga disse...

Salve salve Robisson 7! Novo hóspede para o Hotel. Quero alugar uma suíte pra algumas temporadas. Um abraço e boa sorte.

Audrey Carvalho Pinto disse...

foi lindo...
sem mais!

vanessa disse...

a vanessa em questaob vc deve saber quem e acho q seria imppossivel esqueecer kkkkkkkkkk