quinta-feira, 26 de março de 2009

Notícias Populares


Em tempos de reality show, foram esmiuçar a vida do poeta, e colheram os seguintes depoimentos.

seu melhor amigo: “um depravado, não o deixo chegar perto da minha família nos almoços de domingo.”

ex-namorada: “transa mal.”

colega de trabalho: “fala demais e faz pouco.”

transeunte na Praça Tubal Vilela: ”nunca ouvi falar.”

2 comentários:

Rafael Martins disse...

A dor do poeta é ser anônimo?

Robisson Sete disse...

penso que não ... a dor do poeta, se é que ela exista; pois não há, penso eu, essa necessariedade em ser o poeta esse cabra surrado pela vida, enclausurado na sua amargura, seja ela qual for, é a dor de cada um ...

não há regras para sofrer ou mesmo ser feliz

capice ???